Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Meu Doce Limão

"Um dia é preciso parar de sonhar e, de algum modo, partir" - Amyr Klink

04
Out17

uma história de amor


Sofia Almeida

umahis.jpg

 

 

Estou em frente a uma nova escolha. Escolho ir ou escolho ficar. Apareceste sem eu contar. No fundo sempre pedi, baixinho, nas minhas preces por alguém como tu. Estou com medo. Não te quero dizer, porque não vais compreender as minhas cicatrizes e dores que tenho guardadas na caixa das memórias. Foram histórias de amor que deixaram marcas para toda uma vida. As marcas que restam são ensinamentos. Agora estou aqui, nas mãos tenho uma decisão, ir ou ficar. Ir viver uma nova história, dar uma chance de viver o amor, ou ficar a viver as minhas cicatrizes e guardar-me para boa me magoar.
Agora estou aqui, perante um novo começo, perante novos abraços, uma nova história, quem sabe o meu grande amor. 
Agora estou aqui, mas com uma bagagem de histórias que não deram certo, com medo de confiar, com receio de falhas, com medo de me enganar em relação a ti.
Agora estou aqui, perante ti, com a futura promessa de te fazer feliz, de fazer valer a pena, de te deixar entrar neste meu mundo que está tão bem protegido. 
Agora estou aqui, quero caminhar em frente, quero escolher ser feliz, sem medos, sem receios, sem preocupações. 
Quero e preciso de voltar a acreditar no amor. 
Preciso que me faças acreditar, preciso que me tires este medo que tenho de me entregar.

Sofia Almeida

 

23
Ago17

Onde houver amor, deixa-te ficar


Sofia Almeida

Onde houver amor deixa-te ficar. 
Onde houver abraços sinceros, beijos prolongados deixa-te ficar.
Onde houver palavras que confortem, conversas de verdade deixa-te ficar. 
Onde houver paz, tranquilidade e o conforto deixar-te ficar.
Onde houver sol, pessoas que aqueçam o teu coração, deixa-te ficar. 
Onde houver olhares que se importam, perguntas que valem a pena responder, deixa-te ficar.
Onde houver esperança, deixa-te ficar.

Sofia Almeida

Meu Doce Limão

 

obde.jpg

 

 

21
Ago17

"Enquanto alguns escolhem pessoas perfeitas, eu escolho as que me fazem bem."


Sofia Almeida

1795723_10152322546120888_1754234716446545097_n.jp

 

"Enquanto alguns escolhem pessoas perfeitas, eu escolho as que me fazem bem."

Li isto algures, e faz todo o sentido. Faz sentido não escolher as pessoas perfeitas, mas sim as que me fazem bem.

Quando me desprendi de todos aqueles que nada acrescentavam, foi aí que a vida começou a fluir. Escolhi ser feliz e dá trabalho, não é fácil. Requer esforço e dedicação. Por vezes nos não vemos a escada inteira. Só vemos o primeiro degrau. Hesitamos. Mas nós só temos que dar o primeiro passo. O primeiro passo é o que mais importa para tudo começar. Quando caminhares, o caminho vai aparecer. 

 

 

Sofia Almeida

21
Ago17

ela...


Sofia Almeida

cereals-1465304_960_720.jpg

"Mereces um amor para a vida"
Disse ela, entre soluços, entre lágrimas. Levantou-se do sofá. Abriu a janela. Deixou o sol entrar. Repetiu para si mesma: " Mereces um amor para a vida."

Era segunda-feira. Para trás tinha deixado o fim-de-semana. Para trás dia que lhe mudou a vida. Para trás hora que "virou a mesa". Acabou com a história que se arrastava ao longo do tempo.

Amava por dois. E esse fardo foi ficando pesado ao longo do tempo. Os dois deviam segurar aquele amor que foi prometido. Não, sozinha. Sozinha. 
Haverá dor maior do que perceber que a história estava a chegar ao fim? Haverá dor maior do que perceber que se ama sozinha?

As manhãs já não eram brindadas com aquele bom dia de sempre. As mensagens foram deixando de existir. Só respostas curtas. Sem reticências. Apenas ponto final. As surpresas deixaram de existir. Os jantares a dois passaram a ser só para um. Não havia tempo. Não havia espaço. Não havia sintonia. Não havia conversa.

Os carinhos já não existiam. Os atrasos eram constantes. Os abraços eram miragem. As discussões eram rotina. O desentendimento era maior que o envolvimento. Não havia mais. 
Ela ainda implorou. Ainda tentou fazer o impossível. Reanimar o que já tinha morrido. Ainda tentou continuar quando a vontade era desistir. E apesar de saber que já não havia solução. Ainda tentou e re-tentou.

Mas chegou o dia, que decidiu desistir pelos dois e continuar por ela. Pois ela merecia um amor para a vida: o dela.

Sofia Almeida

16
Ago17

Ama-te


Sofia Almeida

 

amate.jpg

 

 

 

 

 

[ Ser solteiro não significa estar infeliz. Ser sozinho não é sinônimo de solidão, tristeza. Podemos ser a nossa melhor companhia. Devemos ser. Há quem goste de estar sozinho, de querer e ser sozinho. Por opção, por uma espera que vale a pena. E não há nada de errado nisso. Quando há uma grande dose de amor-próprio, quando não se vive para os outros, na espera ingrata de quem não quer viver na espera. Nós podemos ser a nossa melhor companhia. Devemos ser. Quando há um encontro connosco mesmo, é quando as coisas fluem melhor. Quando sabemos o que queremos, quando não estamos para suportar certas situações. Há um tempo para tudo. E se alguém chegar, vai ser alguém que vale a pena. Por vezes buscamos o amor nos outros quando ele está em nós. Até lá, valoriza-te, ama-te, cuida-te. Sempre. ]

Sofia Almeida 

16
Ago17

Há gente que fica na história, da história da nossa gente.


Sofia Almeida

[ Há gente que fica na história, da história da nossa gente. Há gente que vale a pena, que nos acrescenta, que nos diz muito. Há gente que traz amor, que é alegria, que vale a pena partilhar as coisas boas da vida. Há gente que são lufadas de ar fresco, que não fazem rir, que nos limpam as lágrimas com sorrisos. Ainda há gente que vale a pena. ]

Sofia Almeida

hagente.jpg

 

 
07
Ago17

é urgente


Sofia Almeida

•é urgente o amor sincero, o amor recíproco.
é urgente a coragem, a fé, acreditar que o melhor está por vir.
é urgente desligar do passado, mudar a rota, ligar a quem precisa de nós, valorizar quem está sempre connosco.
é urgente fazer as coisas com amor e ter amor por quem está sempre connosco.
é urgente traçar novos caminhos, novos planos.
é urgente não esquecer quem somos, o que queremos e sobretudo de onde viemos. é urgente ser feliz e fazer os outros felizes. •

 

éurgente.jpg

 


Sofia Almeida
Meu Doce Limão

22
Jul17

Sobre ir


Sofia Almeida

[Há quatro anos atrás, destinada e carregada de uma força chamada coragem, decidi deixar o nosso Portugal. Quem sabe do que falo, quem já o viveu, sabe o que significa conjugar a palavra saudade todos os dias. Ir, é conhecer a dor a despedida, do até já, das saudades de tudo e de todos. Ir, é virar uma página, escrever um novo roteiro, ganhar asas, novas experiências, novo ar, nova vida. Ir é ganhar uma bagagem incrível. Ir é ir, mas deixar sempre um pouco de ti, em cada canto, em cada coração daqueles que amamos. Ir não é fácil. Mas às vezes ir tem de ser. Ir não é sinônimo de não voltar. E não há melhor sensação do que aquela que é de voltar a casa de vez. Porque a nossa casa é onde o nosso coração está.]

ir ir.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Blogs de Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D